alô alô marciano

A Lua cresce em Áries, espontânea como só ela, com as emoções à flor da pele. Lua da criança, dos olhos encantados que não conseguem esperar. Lua no signo de Marte, que doa ao inconsciente um pouco do seu fogo, do primeiro impulso, da autenticidade.

O Sol também anda em terreno marciano, aquelas bandas noturnas de Escorpião. Luminares à serviço de Marte, isto é: Sol e Lua ocupando espaços de força, embate, afirmação, luta, autoridade. O Halloween foi ontem, mas a bruxa permanece solta. No país do presidente vampiro é preciso muito cuidado com qualquer líder de alguma coisa, afinal, o acesso ao poder sobe à cabeça – parte do corpo que equivale à Áries.

Porém a Lua ariana não quer saber de filme de terror. Pessoas que nascem sob a Lua do carneiro são muito sensíveis, muito risonhas, muito choronas. A brincadeira pode estar bem legal, mas se ela perder… vai espernear, vai doer no fundo do coração, as lágrimas vão rolar por meia hora (apenas) e logo em seguida… pronto, passou. Próxima!

A intensidade conta incrivelmente na persona de um signo de Marte. O mais complicado é manter o ritmo intenso por tempo prolongado, uma vez que os atrativos do caminho são um tanto interessantes e despertam o ânimo de iniciar tudo ao mesmo. Dos males, é o menor. Hoje cada gente pode se sentir uma fortaleza antes de contar os carneirinhos no anoitecer.

*Imagem: Coleção de gravuras do British Museum, 1589. Disponível em: http://bit.ly/2zbWo7p

Gostou do texto? Você também pode me acompanhar no Facebook e Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência. Ao continuar a usar este site, assumiremos que está de acordo.Aceitar
Duvidas? Estamos Online!